.posts recentes

. Olá amigos!

. ...

. ...

. ...

. Sabe bem dizer adeus às c...

. "Embora ninguém possa vol...

. Sonho e amor

. Taras e manias

. Só tu consegues ser o meu...

. A vida

.arquivos

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

Quarta-feira, 14 de Junho de 2006

Olá amigos!

Passei por cá só para partilhar convosco a história de uma colega, com 17 anos, que se perdeu de amores por um homem com cerca de 25 anos. Como se pode perceber, foi um amor não correspondido ao qual ela deu importancia a mais, não fosse o amor cego e surdo!

Os amigos dela, e eu como tal temos tentado de tudo para a fazer entender a realidade, uma pessoa não gostar de nós não é o fim do mundo! É grave sim, se nem nós proprios gostarmos de nós!

Peço-vos partilhem histórias aqui nos comentários para que ela possa ler e entender que a vida dela não acaba aqui devido a este precalço! Pois se acabasse eu ( e muitos de vós) já não estariamos aqui, à muito!

Até à próxima! 

sinto-me:

publicado por egasmoniz às 16:19

link do post | comentar | favorito
|

27 comentários:
De Dany a 28 de Abril de 2008 às 23:29
ollha....não entendo bem esse site, estava buscando algumas imagens e palavras para me ajudar e achei aqui....nada é por acaso!!!Às vezes achamos que a dor que estamos sentindo vai nos matar, acho q todos, em algum moment sentimos isso, mas não morremos não, porque depois de uma tempestade sempre vem a abonança.....na verdade estou dizendo coisas q eu tb preciso ouvir, pq passo pela mesma situação, mas vou pedir por vc...assim como por mim....sou solidária pq sei o q sente, mas acredite...vai passar!!!!


De Ana a 19 de Dezembro de 2008 às 17:33
Olá gostaria de saber se é um Egas Moniz, pois eu sou e disseram que eu e o meu irmão éramos os últimos.
Gostaria se possivel de obter uma resposta pq tenho curiosidade.


De egasmoniz a 25 de Dezembro de 2008 às 21:02
não não sou nenhum Egasmoniz, contudo sempre tive essa alcunha na infancia!


De viajante no amor a 12 de Fevereiro de 2009 às 14:11
otario amor nao existe é so ilusao


De egasmoniz a 14 de Fevereiro de 2009 às 14:06
nesse caso o teu nick não faz muito sentido... se o AMOR não existe como podes ser tu o viajante no amor???

Um és um viajante num mundo de ilusÕes???

O amor existe apenas precisas de o encontrares...


De mariana a 6 de Abril de 2009 às 15:06
pahh se ele n gosta de ti qe se lixe a vida e msm axim^^
eu tb tou a passar por iÇo*.*


De liberdadepensamentos a 20 de Agosto de 2009 às 00:32
cara colega bloguista, peço desculpa por deixar aqui um comentário não relacionado com o post publicado. Tenho uma dúvida e talvez me possas responder... Criei o meu blog há pouco tempo e ainda não sei como fazer certas coisas. Pode ser que me consigas ajudar... Como posso publicar uma imagem minha no meu blog? Só consigo publicar imagens que estão online mas ainda não sei como colar imagens minhas. Será que me podes ajudar? Outra coisa... gosto do facto do teu blog ter umas flores no cabeçalho e não a imagem do sapo. É possivel colocar outras imagens?


De Ludy a 22 de Março de 2010 às 03:16
E verdad..Ja sofri d amor pois n fui correspondida mas nem por isso deixei d viver...Olhe sempre p frente..A felicidad esta tao proxima q vc nem imagina..Entao forca e determinacao..Ludy..


De Ludy a 22 de Março de 2010 às 03:16
E verdad..Ja sofri d amor pois n fui correspondida mas nem por isso deixei d viver...Olhe sempre p frente..A felicidad esta tao proxima q vc nem imagina..Entao forca e determinacao..Ludy..


De DarkAngel a 23 de Maio de 2010 às 01:56
Enquanto o tempo passa, os nossos gostos ficam mais apurados, podes gostar de alguém, mas de certeza que há por aí uns quantos que gostam de ti sem tu saberes... :)
A vida é mesmo assim, tem altos e baixos, e quando estivermos em baixo, teremos que aprender a levantar! É para isso, também que temos os nossos amigosà nossa volta, sempre dando aquele abraço amigo, que nos aquece o coração..


De Daniella a 9 de Fevereiro de 2011 às 20:38
Dia 8 de Fevereiro, portanto ontem, pela primeira vez na vida, e eu tenho 20 anos, admiti para alguém que o que sinto por ele. Ele é meu amigo, damos-nos muito bem, mas custou-me muito dizer o que sentia para ele dizer-me:
- Eu não sinto o mesmo por ti. Não quero nenhum relacionamento sério!
Ao despedir-mo-nos ele disse-me:
- Amigos como sempre!
E eu:
- Claro, amigos como sempre, eu compreendo.
E compreendo mesmo, o que não quer dizer que não esteja mal, a sofrer e... (escusado dizer o que é óbvio), mas também amo a amizade que tenho com ele. E tenho noção de que a gente não pode obrigar ninguém a amar-nos, pois isso só pode vir daquela pessoa!
É difícil ver os casais na rua, juntinhos. Parece que toda a gente consegue, menos você, e fica deprimida, mas um dia vai-se apaixonar por alguém tal como ela é, e não pela ideia que você faz dela e aí você vai saber o que é o amor.


De Wagna Caravalho a 19 de Agosto de 2011 às 08:50
Sua amiga não foi a unica a viver isso! Eu tinha 13 anos e conheci meu primeiro namorado, o pai do namorado da minha melhor amiga. Ele tinha 40 anos. Minha familia fez tudo que podia fazer para separar agente, não deu certo! estava muito apaixonada. Noivei aos 15 e fui morar com ele contra a vontade de toda minha familia. Ele é um ótimo escritor, advogado e hoje promotor. Fomos felizes durante alguns anos. E ele passou a dormir fora de casa, e lógico fui traida inúmeras vezes, mais sempre voltava e perdoava. Não tinha amor proprio! ele sempre falou que eu sou seu único e grande amor, que ate hoje me ama. Mais que ele é um boêmio, um poeta!. Disse a ele que isso ele usa pra não encarar que é inconstante, que nunca vai ter a vivencia de um amor tranquilo, não vai constituir uma familia, muito menos ser feliz. O fim de tudo isso foi agora em outubro de 2010. Eu dei a ele minha juventude, minha inocência, meus melhores anos. Aos poucos fui vendo meus sonhos de menina serem frustrados.O que eu evitava ver, a vida me esfregava na minha cara! Sai disso tudo com o coração vazio, me sentindo uma burra, e com alguns poemas escritos em mesas de bares. Hoje curso direito, não consigo amar, e me tornei tão fria quanto ele.A vida não acaba, quando vc termina doi muito, muito mesmo. Mais vc tem que conhecer um novo amor, e por vc! Amor proprio! vai ter dias que vc vai acordar sem ter pra quem contra, pra quem correr, chorar, gritar, mais vc vai poder olhar no espelho e ver que so quem realmente pode te ajudar é você mesma. Hoje dizem que linda que você é, mais ninguem sabe como estou por dentro. Há! nos encontramos por acaso a uns 20 dias ele me abraçou, chorou, e eu senti apenas uma sensação que ainda não sei descrever, não sei se foi de falta, ou saudade, alivio, não sei... mais não me senti segura como me sentia quando ele me abraçava a alguns meses atrás antes da separação. Talvez agora eu esteja crescendo, com medo mais crescendo. Sei que aos poucos tudo vai se organizar na minha vfida, cabeça, coração! tenha calma um dia agente acorda se sentindo um lixo é assim, ai você vai perceber que tudo tem solução. Que isso não passa de dias ruins. Tudo sempre passa! Gostei do que fez por sua amiga :) Amigos assim hoje em dia é dificil.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds