.posts recentes

. Olá amigos!

. ...

. ...

. ...

. Sabe bem dizer adeus às c...

. "Embora ninguém possa vol...

. Sonho e amor

. Taras e manias

. Só tu consegues ser o meu...

. A vida

.arquivos

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

Segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2006

O que é o amor?

É um pedaço do teu corpo entregue em outra alma, É o pensamento que vaga distante, quando tu não estás presente. É o jeito de falar com os olhos, sem precisar nada dizer, É só se perceber o brilho, que ofusca a quem se busca... É deixar vagar a mente... É saber que mesmo distante, tens teu coração junto ao meu... É saber que tu podes penetrar no meu corpo, sem precisar me tocar... É sentir que estás perto, mesmo sem te enxergar... É perceber que tu chegastes com o tempo... Nos descaminhos que nos fizeram unir os corpos, Como se as almas se encontrassem... É sentir-se completo, pleno, cheio de forças e de sonhos... É poder sentir teu toque, teu cheiro, teu gosto, teu ser... É sentir o ofegar da tua respiração, quando encontra com a minha... É saber que teu abraço, me sustenta e me ampara... É ouvir a minha voz trêmula, com medo da vida que me trouxeste. É ver que o tempo passou mais devagar para mim... O Amor, o que é o Amor... nessa vida sem rumo, sem tempo certo? É o encontro da escuridão da noite, com os raios do sol... É o nascimento da semente, que cresce para a vida... Que faz crescer a flor, que exala o mais doce perfume... E que se deixa morrer, para que dela outras possam nascer... O Amor, o Amor é... O encontro das gotas do mar, que fazem crescer as águas... É a chuva que cai... É o vento forte, que se mostra na tempestade... É a brisa que te beija sempre ao amanhecer... É o sol que brilha, lembrando que é hora de um novo amanhecer... O Amor, o Amor é... Como a vida, que começa devagar, nos passos incertos de uma criança... Depois continua na incerteza de passos ainda mais incertos... E por fim, se vê o caminho que o tempo não te deixou seguir Por não ter chegado a tua hora... E quando é a hora de Amar??? São todos os segundos que a vida te entrega, São todas as manhãs que o dia te chama, São todas as noites que o dia te cala. É quando teu coração se prepara para dar, Não esperando para receber... É quando tu te entregas, sem medo de perder... É quando tu consegues sorrir de tanto chorar... É quando tu consegues te elevar dos sonhos... É quando teus lábios murmuram o silêncio... É quando tua voz penetra no espaço... É quando tu sentes que chegou tua hora... É quando as horas encontram seu tempo... É quando um pedaço de mim se vai... É quando percebo que tu já não vives em mim.. É então que busco encontrar os sonhos... Para então poder ter a vida ao meu alcance... Antes que eu não possa mais senti-la... É tentar te encontrar na eternidade... Para novamente poder te Amar...

publicado por egasmoniz às 21:46

link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Graciela a 14 de Abril de 2006 às 19:15
Realmente increible, es lo mas hermoso que he leido nunca. la pena es que no conozco vuestro idioma, y apenas alcanzo a entender parte del poema, pero aun asi.....es maravilloso


De Ana a 7 de Fevereiro de 2006 às 14:36
Nem comento. Sinto apenas...

Jinhu doce
Ana


De Maria Papoila a 7 de Fevereiro de 2006 às 09:25
Estou sem palavras com a beleza deste texto que dá para meditar, reflectir e fazer crescer. Beijo


De lulu a 14 de Abril de 2007 às 19:59
estou sem palavras pois é muito belo e meditativo


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds