.posts recentes

. Olá amigos!

. ...

. ...

. ...

. Sabe bem dizer adeus às c...

. "Embora ninguém possa vol...

. Sonho e amor

. Taras e manias

. Só tu consegues ser o meu...

. A vida

.arquivos

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

Quinta-feira, 20 de Outubro de 2005

A minha alma está acorrentada...

acorrentada.gif

Será possivel alguém viver desacorrentado?
Será que alguém consegue viver sem amar alguém ou alguma coisa? Se sim, será feliz?

publicado por egasmoniz às 08:30

link do post | comentar | favorito
|

15 comentários:
De labareda a 24 de Novembro de 2005 às 15:17
vivi afectivamente "acorrentada" durante 3 anos de vida...3 anos emocionalmente ferteis,grandiosos de sentimento e puros de prazer! Vivi 3 anos "acorrentada" a alguém k nada tinha para me dar a não ser algumas horas do seu (meu) porto seguro!todos os dias durante 3 anos continuava a abrir a porta de minha casa e o sofá continuava vazio...ele estava sentado noutro sofá noutra casa com outra familia!!!!"desacorrentei-me" ontem,levantei a ancora e estou a Naufragar....Ainda estou a pensar k era melhor pouco k nada!!!! bjos e obrigada por este momento


De TERESA a 31 de Outubro de 2005 às 20:09
A busca da nossa alma para ser acorrentada é tão constante que qdo nos deparamos nos acorrentamos a outra alma que por sua vez não quer ser acorrentado, agora acorrentar se por algo que possa te fazer feliz e esquecer a busca do amor verdadeiro pode até valer a pena...........


De Paula a 21 de Outubro de 2005 às 17:22
estar acorrentado é uam constante na vida...mas existem dois tipos de correntes...as correntes que são boas,uma correntes às quais te sentes bem estar agarrado e que não limitam a tua liberdade.Entre essas constatam os amigos,a familia,etc.
e depois existem as correntes que são más, que te sufocam,que te magoam,que limitam-te, que te enfraquecem...Enre essas crrentes constam as ´mágoas, o passado, etc.
Por isso eu gosto de estar acorrentada a coisas boas, que nao me impeçam de viver,de voar,de atingir a plenitude do imenso céu.Quanto Às outras...procuro desprender-me delas...mas existe sempre uma ou outra que nos acompanha...infelizmente.bom fim-de-semana***


De vilma a 20 de Outubro de 2005 às 23:51
Consto que a tua imagem causou agitação, mas assim como está a ser hoje, o amor será sempre um tema de discuçao pois todos têm certesas, mas sem nenhuma certeza. ou será que sou eu que estou errada? bem, de qualquer maneira, é a primeira vez que estou no teu blog e adorei. principalmente o poema "adeus" de eugénio de andrade, boa escolha. no teu blog retratas um tema bastanto complicado e de multipla escolha. No meu caso, o amor, para mim é algo lindo e maravilhoso que tambem pode ser muito cruel. este comentário está um pouco estranho, mas aqui fica a minha "boa acção"! rs
fica bem! beijitos.


De Ladyarweentwotowers a 20 de Outubro de 2005 às 23:48
Mas respondendo à segunda pergunta,segundo a minha opinião, viver até se vive, nem que seja como um vegetal, vivendo uma vida sem sal. Assim como creio que ninguém é verdadeiramente feliz, se não puder ou se não for capaz de amar verdadeiramente alguém. Será, a meu ver, um exemplo típico de um ser insatisfeito por natureza, em busca de algo que mate a sua insatisfação,a sua sede, mas se não ama ou se não pode amar por imposição do destino, o que poderá matar a sua insatisfação?


De lumife a 20 de Outubro de 2005 às 23:29
Visita o blog "BEJA" http://bxalentejo.blogspot.com e lê a carta que transcrevi:

Que fizeram dos nossos sonhos, Manuel ?

Obrigado


De Ladyarweentwotowers a 20 de Outubro de 2005 às 23:20
A Estrela-do-Mar não se deveria chamar estrela-do-mar, mas sim estrela-de-luz. É estranho quando hoje aqui vim , foi para encontrar uma forcinha para mim (egoísmo meu talvez, porque me maravilho com este blog), pois sentia um aperto no peito e para meu espanto deparei-me com o tema do post do max, alma acorrentada, era assim que me sentia até há momentos atrás, mas a mensagem deixada pela estrela-do-mar fez-me reflectir e deu-me uma luzinha . E é uma grande verdade o que ela diz e até posso acrescentar, há pessoas neste mundo que pelas mais diversas razões podem estar em situações de vida bem piores do que a nossa. Creio que devemos primeiro contentar com aquilo que temos, para depois com serenidade e fé, sem medos, irmos ao encontro do que queremos. Mil beijocas.


De cris a 20 de Outubro de 2005 às 21:08
Ola de novo ;) , fiquei encantada ao saberte leitor do citador, como eu adoro me perder por lá nas leituras, e gosto de saber que teu post de hoje está a suscitar a discussão acerca de das correntes em nossa alma, e dos elos que encadeiam o emaranhado da vida, tem boa noite, que os anjos estejam contigo, até amanha, beijos.


De Nicoboy a 20 de Outubro de 2005 às 20:08
Não sei Se é possivel viver sem amar mas k eu, pelo menos, seria muito mais feliz sem amar...


De Estrela do Mar a 20 de Outubro de 2005 às 19:21
...depois de ler o que aqui escreveste, percebo-te perfeitamente...todos nós procuramos estabilidade a todos os níveis...e quando um deles está frágil, é claro que ficamos instáveis também...e tudo é mais fácil se tivermos alguém especial ao lado, para se compartilhar alegrias e tristezas...alguém que queira caminhar de mãos dadas na estrada da vida...enfrentar desafios que a vida coloca sem abandonar o caminho...enfim, sentirmo-nos seguros...mas nem tudo acontece como tantas vezes queremos...e por mais que a vida insista em trocar as voltas, teremos que ser mais fortes do que ela...não entregar os trunfos, continuar a batalha...e pensar que por mais tristes que possamos estar, estamos acorrentados à vida e temos que tirar proveito dela...TENTAR SER FELIZ!...e sendo positivos é meio caminho andado...e estabelecer metas também...e aí encontramos a razão da nossa vivência...por isso parte sempre de cada um de nós essa tarefa...


Eu sou uma amante da segurança. Tento encontrá-la em todas as pequenas grandes coisas, na família, na @mizade, nos meus animais de estimação, num sorriso, num abraço, num telefonema, na musica, na pintura,...em tudo o que acho positivo para mim. É um exercício que por vezes temos que fazer, mas vale a pena. Tenta fazê-lo também...e depois verás.

Neste momento ainda estou "acorrentada" à sinusite...mas mesmo assim deixo-te um beijo terno, e vai em frente. E já agora desculpa o "testamento"...foi de não vir cá já à algum tempinho...rs




Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds