.posts recentes

. Olá amigos!

. ...

. ...

. ...

. Sabe bem dizer adeus às c...

. "Embora ninguém possa vol...

. Sonho e amor

. Taras e manias

. Só tu consegues ser o meu...

. A vida

.arquivos

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

Sábado, 5 de Novembro de 2005

Amar!


Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui...além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente
Amar!Amar!E não amar ninguém!


Recordar?Esquecer?Indiferente!...
Prender ou desprender?É mal?É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!


Há uma Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!


E se um dia hei-de ser pó,cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...

(Florbela Espanca)

publicado por egasmoniz às 15:32

link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De Taty a 6 de Novembro de 2005 às 00:27
Uma poetiza mais a cantar o amor, sim o amor, a "primavera da vida" porque como ela própria afirma a fase mais bonita da vida é quando amamos, quando amamos tudo o que nos rodeia, quando este sentimento está presente em cada minuto e cada segundo da nossa vida porque sim, este é o sentimento que deve conduzir-nos e iluminar-mos para que ñ nos tornemos pessoas amargas...e o amor é um sentimento linbdíssimo que deve ser partilhado por isso nunca desistas de amar e ser amado...
um beijinho muito grande e perdoa a minha ausência, acredita que sempre que posso, passo por cá e deixo o meu testemunho:)uma noite descansada*beijinho

ps. espero que nunca desistas do teu blog:)ias privar-nos de, todos os dias, ler algo bonito e q nos incentiva a encarar o dia seguinte...:)


De Maria Papoila a 6 de Novembro de 2005 às 00:02
Ai Florbela, Florbela! Esta foi uma das razões? O Amor? Beijo


De cris a 5 de Novembro de 2005 às 19:13
Minha poetisa preferida,podia-te ler a obra completa dela,mas não o vou fazer, vou só e simplesmente a citar num lindo poema" Anda o luar adormecido e triste...Cantando uma canção às doces águas...Assim eu ando à tua imagem doce...Cantando a oração das minhas mágoas". Tem resto de dia feliz, que Deus esteja contigo em todas as horas, beijos.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds